Guia de Hentais - Setembro 2018

Boku wa Kanri Kanri Kanri Sarete Iru - Totalmente fetichista








Eu já li muita coisa, mas Boku wa Kanri Kanri Kanri Sarete Iru me chocou de várias formas. Nem é tanto por ser fetichista, isso é normal, mas o nível que a coisa alcança. A história é sobre um garoto que se apaixona por uma garota de um clube e entra no clube pra se aproximar dela. Funcionou. Ela ofereceu a ele sua primeira vez, ele aceitou, e ela impôs algumas regras.

Boku wa Kanri Kanri Kanri Sarete Iru - Totalmente fetichista

É tudo sobre dominação masculina e o que habita esse meio. O foco é controle de orgasmo com o uso de cintos de castidade, mas rola muita humilhação, negação de orgasmos, strap-on, crossdressing (ele ficou bem bonitinho, até). Ela transforma ele numa verdadeira puta que serve unicamente a ela, ao ponto de, quando ele estava de crossdressing, ela o levou pro banheiro feminino e pediu pra que ele calasse a boca e a deixasse estuprá-lo em paz. Ela o provoca e nega os orgasmos todo os dias, e só o deixa gozar a cada 30 dias, basicamente. Ele obviamente enlouquece, porque é difícil um homem passar 30 dias sem bater umazinha, e ele é obrigado a fazer coisas cada vez mais humilhantes.

Boku wa Kanri Kanri Kanri Sarete Iru - Totalmente fetichista

No mais, a arte é até legalzinha, mas às vezes rola umas caras meio bizarras. A garota me irrita muito porque parece que ela fica usando o cara como bem entende e totalmente sem sentimentos. Ela é uma sádica maluca, ele um masoquista totalmente submisso a ela, e eu sou só alguém irritado com isso.

"Mas meu jovem, quer dizer que você não gostou do mangá e que ele é ruim?" Não. Eu gostei do mangá, e tem um capítulo que ele consegue um harém. Imagina só você com 3 mulheres, sendo uma a sua namorada 10/10, a outra a presidente do conselho estudantil (aquele tipo de garota misteriosa e inteligente por quem toda a escola baba) e a outra a professora loli (boca suja), e todas com um único objetivo: fazer você gozar! Claro que elas só tem 12h pra isso ou você vai passar o resto da sua vida sem poder gozar, nunca mais... Ah, eu queria isso um dia... Mas então, como eu dizia, o que me incomoda é a atitude dela com ele, eu tive pena desse moleque algumas vezes e pensei "não, isso tem que acabar algum dia, cara, olha o que ela tá fazendo com você, você virou o brinquedo sexual dela, tenta virar isso de algum jeito", mas não tem muito o que torcer. Chega um momento que não tem mais volta, não dá, se torna impossível e é preferível viver sem as bolas se for pra viver sem ela. Literalmente,

Boku wa Kanri Kanri Kanri Sarete Iru - Totalmente fetichista


Share on Google Plus

0 Comentários:

Postar um comentário